Análise Tática

Jorge Jesus Al Hilal

O Al Hilal de Jorge Jesus

O Al-Hilal de Jorge Jesus tenta se expressar de forma diferente para alcançar a consistência, embora possamos fazer uma pausa pelo significado da imensa figura criativa de Neymar, criando um ecossistema natural com fluxo emocional e detalhes a serem explorados junto com Kanno, Al-Dawsari, Al-Shahrani, Neves, Michael, Malcom ou Milinkovic Savic. A busca pelos acertos e erros como os momentos de felicidade, porque é isso que são, momentos e nada mais na Arábia Saudita. Quem diria…

Guardiola e Stones

Four Center Backs: The New Trend of Positional Play

What does Manchester City gain with Akanji as a midfielder in a 2-3-5 formation? How does Arsenal benefit from having Tomiyasu and Ben White orchestrating plays from the inside in the very same 2-3-5? And finally, how does this sustain itself in a model that, at the high level it is executed, should demand players with the highest technical quality and skills? Center-backs, who are undoubtedly the best in the world and have unparalleled ball-playing abilities, are capable of fulfilling these functions… Well, let’s proceed with the analysis.

Guardiola e Stones

Quatro zagueiros: a nova tendência do Jogo de Posição

O que o Manchester City ganha com Akanji como meio-campista num 2-3-5? Como se beneficia o Arsenal tendo Tomiyasu e Ben White armando as jogadas por dentro no mesmíssimo 2-3-5? E, por fim, como isso se sustenta num modelo que, no nível tão alto que é executado, deveria exigir os jogadores com maior qualidade técnica e habilidade? Zagueiros, e é claro que são os melhores do mundo e de capacidade ímpar com a bola nos pés, são capazes de cumprir as funções…Enfim, vamos à análise.

Rolar para cima